BLOG

TRABALHAMOS COM
SERIEDADE, RESPEITO E CARINHO!

MAS ELE VAI VIAJAR NO PORÃO?

O que eu devo saber antes de solicitar a reserva para o meu pet viajar comigo no avião? Um novo ponto de vista para acalmar os corações!

MAS ELE VAI VIAJAR NO PORÃO? 

AINDA BEM QUE SIM!!!

Ao precisar viajar de avião com o nosso pet, naturalmente acreditamos que ele estará muito mais confortável viajando na cabine ao alcance dos nossos olhos, mas será mesmo que isso é verdade?

Não necessariamente! Principalmente se ele for um cão braquicefálico (de focinho curto).
Por desconhecer os procedimentos operacionais, temos a falsa sensação de segurança de que o nosso pet estará muito mais seguro se pudermos vê-lo durante todo o voo, mas a verdade não é bem essa...
De acordo com as especificações do manual Live Animal Regulations, da IATA, os cães que viajam da cabine precisam ser alocados obrigatoriamente embaixo do assento dianteiro, e é aí que está a desvantagem. Para caber embaixo do assento dianteiro, as caixas de transportes dispõem de pouquíssimo espaço para o seu melhor amigo, muitas das vezes a altura é limitada em cerca de 17 cm enquanto o comprimento por volta de 29cm dependendo da companhia aérea.

Para nós, seres humanos, já não é muito fácil enfrentar longas horas dentro de um avião independente da classe em que viajamos, mesmo sabendo onde estamos e o motivo de estarmos, isso sem contar que podemos nos levantar para esticar as nossas pernas sempre que possível. 

Já para o nosso melhor amigo as coisas costumam ser um pouco mais difíceis. Imagine a dificuldade de viajar por longas horas apertadinho numa caixa embaixo do banco da frente...

o resultado pode ser pior

Ao ser colocado embaixo do banco da frente, além de não contar com o espaço necessário para a manutenção do seu conforto e bem estar, existem outros fatores que colaboram para que a viagem não seja assim uma experiência tão agradável para o seu pet, veja uma lista com alguns desses principais fatores:

• Mesmo que seu pet seja do tipo “bonzinho”, ele poderá latir/miar ou chorar devido às condições de estresse, cheiro de comida ou pela movimentação de pessoas, ou até mesmo por não poder ficar no seu colo;
• Seu vizinho pode se do tipo “coração peludo” que não gosta de animais e implicar com você durante o voo. Mesmo que ele não tenha razão, isso pode virar uma dor de cabeça durante a sua viagem;
• Se ele fizer “sujeirinha” poderá gerar uma situação constrangedora devido ao forte odor que se espalha com facilidade pelo avião, principalmente se for a hora da janta;
• A circulação de ar fica comprometida, o que pode gerar dificuldades respiratórias e consequentemente aumento do estresse no seu companheiro.

 Por esses e outros motivos, é que o seu melhor amigo viaja muito mais confortável no porão da aeronave do que apertadinho embaixo do banco da frente. 

No porão ele pode viajar com uma caixa de transporte de tamanho apropriado para o seu conforto, e que ofereça uma circulação de ar mais adequada. Lá ele viaja muito mais tranquilo, afinal, não tem movimentação de pessoas, cheiro de comidas e conta com pressurização e climatização iguais a cabine.

Entre em contato com a nossa equipe para tirar todas as suas dúvidas referente a viagem do seu melhor amigo. A Petwork Travel conta com uma equipe altamente qualificada e capacitada para planejar a viagem do seu pet sempre visando o seu conforto, a segurança e o seu bem estar!

O pet é seu, o work é nosso!

  • Rua Cyro Schmutzer Franco, 174
  • Jd Bom Clima - Guarulhos – SP
  • 11 3370-0491

  • 11 4386-4602

  • comercial@petworktravel.com.br
  • falecom@petworktravel.com.br